Vozes de Ninguém para os Ouvidos de Alguém

Vozes de Ninguém para os Ouvidos de Alguém

Vozes de Ninguém para os Ouvidos de Alguém

A Trópico de Artes e a Buzico Produções apresentam a 17 de maio, pelas 12h15, integrado nas Comemorações da Luta Contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia, na sede da Junta de Freguesia da Misericórdia, o espectáculo “Vozes de Ninguém para os Ouvidos de Alguém”.

“5º Esquerdo”, “Arroz Doce” e “Mariposa”, são os três textos de João Ascenso, sobre a normalidade da vida de quem se considera fora do normal, que compõem o espectáculo.

Três depoimentos. Dois homens. Uma mulher. 

Rui (Ricardo Brito Diniz), Ana (Anaísa Raquel) e Ivo (Ruben Pêro), falam com alguém, alguém que não sabemos quem é, alguém que não vemos nem ouvimos. Os três partilham momentos das suas vidas e revelam estórias que não ficaram para a História, mas que ainda assim, fazem parte da sua construção. 

Trópico de Artes