QUEM CONTA…

QUEM CONTA…

QUEM CONTA…

QUEM CONTA… é composto por cinco monólogos que funcionam independentes uns dos outros, mas com um ponto comum: a luta contra a homofobia.

Rui, Ana, Jaime, Luísa e Ivo, falam com alguém (que não vemos nem ouvimos), mostrando como é normal a vida com todas as diferenças que cabem nela.

5º ESQUERDO

Rui conta como foi assumir a sua orientação sexual e o seu namorado. Relata os confrontos que enfrentou e se obrigou a ter para ser aceite e, sobretudo, conseguir aceitar-se.

ARROZ DOCE

Ana conta-nos como foi crescer rodeada de amor e alguma disfunção familiar. Enquanto recorda o segredo da receita de arroz doce da sua avó faz-nos descobrir uma bela estória de amor.

CIEIRO

Jaime define-se como conservador. Não aceita que o mundo se transforme e prefere estar só a ter de aceitar os “defeitos” dos outros. E é assim que está, só, perdido, com uma sede de beijar o passado e abraçar um novo futuro.

ROSA

Luísa conta a estória de Rosa, menina que nasceu menino e motivo de grandes lutas, emoção e desgosto. Fala sobre o amor e a perda física de alguém que não poderá voltar a abraçar.

MARIPOSA

Ivo é um homem sofrido e marcado pelo passar do tempo e das estórias que se cicatrizam na sua pele. Encerrado numa sala de uma qualquer esquadra, destila o ácido que o mantém à tona da vida.

Ficha Técnica e Artística

Brevemente

Trópico de Artes